sexta-feira, 8 de outubro de 2010

A idade do mar

me veio na cabeça a imagem de uma praia
com a galera batendo papo
vivendo como um tatuí hippie

bicho grilo bicho do mato
aquelas fotos sentado na pedra olhando o horizonte mar
a galera tocando violão em volta da fogueira

me veio na cabeça agora
o medo que tenho de lembrar dessas coisas
dessas imagens, praias, fotos, bichos e fogos

o laço força que não me deixa andar
que dá close-ups nos meus olhos
quando pisco pra disfarçar o cisco falso

e nas falácias flácidas desses filamentos pensados
filados de pensamentos daquele horizonte mar que falei
fico olhando as fotos dos outros
que ainda como eu já fui e nunca sou
bicham grilo e bicham do mato
bichas hippies ma(i)s alegres

3 comentários:

  1. gostei. principalmente do tatuí hippie.

    ResponderExcluir
  2. gostei. principalmente do tatuí hippie.

    ResponderExcluir
  3. precisamos fazer um filme chamado a idade do mar

    ResponderExcluir

Faça da interrupção, um caminho novo.